terça-feira, 14 de outubro de 2008

Retrato carioca

O que está havendo com nossa “Cidade Maravilhosa”? Cada vez que ando pelas ruas desse nosso Rio de Janeiro chego sempre à mesma conclusão: CANSEI!
Não agüento mais sair nessas ruas fedorentas, com lixos e mais lixos sendo atirados pelo chão, por essa pobretada porca.
E quanta gente fedida logo pela manhã... um absurdo.
Esses mendigos imundos pedindo esmolas e infernizando o cenário carioca. É claro que, se essa cidade pretende ser maravilhosa, temos que limpar as ruas. Aqui não é lugar para eles. Só sabem lotar os hospitais com dengue, crianças remelentas e adolescentes grávidas.
Falta polícia nas ruas para nos trazerem mais tranqüilidade. Cansei de ver esses pivetes, que deveriam estar na cadeia, roubarem pessoas de bem e que nada tem a ver com suas vidas fracassadas. Lugar de bandido é na cadeia. BOPE nas favelas e Capitão Nascimento neles! Voto pela redução da maioridade penal já!
Quem gosta de estar na praia e ver aquele amontoado de casebres, um em cima do outro, com aquela gente feia e perigosa, enquanto pegamos um sol? Ou até mesmo quando somos surpreendidos pela nefasta presença destes seres, no mínimo suspeitos, fazendo algazarra e sujando nossas praias. Aquelas brincadeiras sem graça, aquela gente feia com seus rádios tocando funk e pagode. Ninguém merece!!! Aqueles cabelos cheios de creme, aqueles bigodinhos safados e cabelos pintados de amarelo. Admitam que não são caucasianos!!! Odeio pobre... Até a praia deveria ser privatizada. Pelo menos o ambiente seria melhor e mais bonito...
Só entendem de prostituição, roubo, tráfico e gravidez.
Picham as ruas, falam alto, não tem educação, brigam, cheiram mal, se arrumam pior, e ainda não tem valores.
Todos fingem não saberem a causa do caos carioca e brasileiro.
Eu digo. A culpa é dos MISERÁVEIS!!!

Ass: um burguês indignado.



Bruno Costa

7 comentários:

luciano disse...

Não fique com raiva dos pobres, afinal só existem ricos por causa da força de trabalho dos pobres... afinal quem vai trabalhar como Gari para limpar as ruas fedorentas, somente um pobre se sujeitaria a isso... na verdade os pobres não são tão sujos assim, e nem os ricos são tão limpos quanto se imagina.. rs ... afinal quem foi responsável pela crise econômica que vai falir várias empresas pelo mundo afora, e causar desemprego de milhares de pessoas, bom acho que foram os ricos e bem-educados que agora devem estar em alguma ilha do caribe gastando o dinheiro que ganharam especulando na bolsa de valores... rs ... assim é no final, não existe pobre e ricos, todos são culpados na sociedade que vivemos

Michelle disse...

Como sempre um ótimo texto. Parabéns aos 2. Bjs

Fallen disse...

Eu ja comentei nesse texto, quem foi que apagou!? ><

Joyce disse...

E como tem burguês indignado por esse Brasil a fora... assumidos ou não!
Revolucionemos o nosso pensamento... sempre!!!

Pedro disse...

caraca Bruno, tomei um susto quando li o texto, mas ao final fiquei aliviado ao ver que o texto era de um burguês heheheheh. Acredito nesse tipo de intervenção, pois ela faz agente pensar, algo muito difícil hoje em dia, pois na minha opinião vivemos em um mar de reprodução, obrigado por ter criado essa bóia

um abraço

william disse...

pois é ... colocar outras cores no mundinho monocromático daqueles que abraçaram esse ideal neo-liberal capitalista parece ser uma destruição das suas pseudo-obras de arte.. talvez se eles percebessem as outras nuances dessa aquarela tão multifacetada poderiam alcançar outro patamar
abraços

Simone disse...

Que alívio ler a última frase!!!